Um grupo de indígenas invadiu, na manhã desta segunda-feira (8), a Fazenda Paratudal, localizada em Miranda, a 203 quilômetros de Campo Grande. A informação foi confirmada pelo Sindicato Rural da cidade.

A propriedade pertence a Pedro Paulo Pedrossian, filho do ex-governador de Mato Grosso do Sul Pedro Pedrossian.

“A invasão ocorreu nesta manhã, não temos notícia de violência”, afirmou Adauto Rodrigues, presidente do Sindicato Rural de Miranda.

Ainda segundo Rodrigues, os fazendeiros da região estão se organizando e existe a possibilidade de conflito na propriedade. “Com certeza vão querer tiras os índios de qualquer jeito”, opinou.

“São entre 40 e 50 indígenas, e eles já quebraram o encanamento e vidros da sede da fazenda”, denunciou Nivaldo Barbosa, dono da Fazenda Nossa Senhora Aparecida, vizinha da Paratudal. O dono da propriedade, Pedro Paulo, ainda não chegou ao local.

Ainda segundo Barbosa, há um ano o mesmo grupo de indígenas invadiu a Fazenda Petrópolis, de propriedade do ex-governador Pedro Pedrossian.

Esta é a terceira fazenda ocupada pelos terenas no Estado desde que houve o confronto com uma morte em Sidrolândia, no dia 30 de maio deste ano. Eles ocupam a Fazenda Buriti, do ex-secretário estadual de Fazenda, Ricardo Bacha, e a Fazenda Esperança, no distrito de Taunay, em Aquiduana.