Geral

Família de Mandela fala sobre sua morte pela primeira vez

A família do ex-presidente Nelson Mandela quebrou o silêncio neste sábado (7), comparando a morte do líder sul-africano à sua dolorosa ausência durante os 27 anos em que ficou preso. “Sim, Tata (papai) se foi. O pilar da família se foi, assim como nos 27 anos da sua prisão”, disse o general Temba Matanzima, porta-voz […]

Arquivo Publicado em 07/12/2013, às 19h32

None

A família do ex-presidente Nelson Mandela quebrou o silêncio neste sábado (7), comparando a morte do líder sul-africano à sua dolorosa ausência durante os 27 anos em que ficou preso.

“Sim, Tata (papai) se foi. O pilar da família se foi, assim como nos 27 anos da sua prisão”, disse o general Temba Matanzima, porta-voz da família Mandela.

“Mas em nossos corações, em nossas almas, ele permanecerá para sempre. Estes últimos dois dias não foram fáceis, nem os próximos serão, mas, com o apoio que recebemos de todas as partes, tudo ficará bem para a família”, disse Matanzima.

“Para nós, ele era como um baobá (árvore de grande porte, muito disseminada no continente africano) que nos dava uma sombra reconfortante e nos trazia segurança e proteção”, afirmou o general.

Mandela morreu na quinta-feira, aos 95 anos. Nem Winnie Madikizela-Mandela, de 75 anos, sua segunda esposa, de quem se divorciou em 1996, nem Graça Machel, de 68 anos, com quem se casou em 1998, haviam se expressado desde então.

“Madiba está agora em sua terra, com seus grandes amigos, como Or Tambo (1917-1993), Walter Sisulu (1912-2003) e outros”, disse o porta-voz, citando os grandes companheiros de luta do herói anti-apartheid.

Jornal Midiamax