Geral

Em ritmo lento, Grêmio bate Veranópolis e encara o Inter

Em uma partida lenta, devido ao forte calor que abateu Porto Alegre neste domingo, os titulares do Grêmio derrotaram o Veranópolis por 1 a 0, no Estádio Olímpico. O gol foi marcado pelo zagueiro Werley, aos 23 minutos da etapa inicial. O resultado, combinado ao empate do Internacional com o Cruzeiro-RS, força a realização de […]

Arquivo Publicado em 17/02/2013, às 20h56

None

Em uma partida lenta, devido ao forte calor que abateu Porto Alegre neste domingo, os titulares do Grêmio derrotaram o Veranópolis por 1 a 0, no Estádio Olímpico. O gol foi marcado pelo zagueiro Werley, aos 23 minutos da etapa inicial. O resultado, combinado ao empate do Internacional com o Cruzeiro-RS, força a realização de um Gre-Nal já na próxima fase da Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

Precisando dar boa resposta após a má atuação na derrota para o Huachipato, quinta, pela Libertadores, o Grêmio veio completo a campo. Mas, apesar de dominar completamente as ações, não teve boa atuação, imprimindo um ritmo lento. No segundo tempo, o VEC tentou ir para cima, mas esbarrou em sua falta de qualidade, tornando o jogo pouco interessante.

O Grêmio finaliza o Grupo A atrás de Lajeadense e Caxias, na terceira colocação, com 12 pontos. O Inter, por sua vez, acabou em segundo no Grupo B. O Gre-Nal ainda não tem local nem data definida. O mando de campo será do Colorado. Antes, na quarta-feira, o time titular gremista vai ao Rio de Janeiro encarar o Fluminense, pela Libertadores.

O jogo – Com titulares, o Grêmio entrou com pequenas alterações em relação ao time que perdeu para o Huachipato. Recuperado de lesão, Dida começou como titular. Fernando reassumiu posto no lugar de Adriano, que foi liberado para se casar. Já Barcos, com problemas particulares em São Paulo, também foi dispensado de atuar – Welliton o substituiu.

Em campo, só deu Grêmio – ainda que a atuação deixasse a desejar. A equipe de Vanderlei Luxemburgo levava perigo especialmente pelo alto, em cobranças de escanteio. Cris teve duas chances: aos três minutos, cabeceou para grande defesa de João Ricardo; aos 13, seu cabeceio saiu pela linha de fundo. Aos 23, foi Werley quem se antecipou à zaga no primeiro pau e cumprimentou João Ricardo, fazendo 1 a 0.

O Grêmio poderia ter saído com vantagem ainda maior do intervalo, apesar de não forçar o ritmo. Aos 22, no lance anterior ao gol de Werley, Fernando bateu falta com perigo, mas o goleiro espalmou. Aos 31, Elano lançou Vargas, que recuou para Welliton. O chute rasteiro saiu fraco, facilitando a defesa do goleiro. Elano ainda fez outro ótimo lançamento aos 39, quando proporcionou arrancada para Welliton. O atacante driblou um zagueiro e chutou na zaga. Vargas pegou o rebote de sem-pulo, mas João Ricardo espalmou, salvando o quer seria o segundo gol gremista.

O Veranópolis prometeu atacar mais no segundo tempo, mas a primeira boa chance foi gremista: aos 11 minutos, Alex Telles cruzou e Vargas cabeceou para fora. Só depois disso é que o time serrano chegou, e duas vezes seguidas: aos 13, Eduardinho recebeu lançamento livre na área, mas Dida salvou ao sair com os pés. No minuto seguinte, Lê bateu dentro da área e a bola desviou na zaga, saindo pela linha de fundo.

O Grêmio começou a crescer de novo só a partir dos 20 minutos, com Vargas tendo participação mais efetiva nas ações ofensivas. Numa dessas boas chegadas, o chileno recebeu passe de Elano na área e chutou no travessão. Aos 25, Vargas escorou cruzamento para a chegada de Marcelo Moreno, mas Garibaldi afastou. O time visitante respondeu em chute de Eduardinho defendido de forma segura por Dida. Aos 29, quase o segundo gremista: Vargas ajeitou para Zé Roberto, que chutou na rede pelo lado de fora.

Jornal Midiamax