Geral

Diego Costa diz a jornal que decisão de jogar pela Espanha está “tomada”

O atacante Diego Costa, do Atlético de Madrid, disse neste domingo, em entrevista ao jornal esportivo “As” após ajudar sua equipe com dois gols a vencer o Celta de Vigo por 2 a 1, que “a decisão” de jogar pela seleção espanhola está “tomada” e agora depende da Fifa. “A decisão quem tem que dizer […]

Arquivo Publicado em 06/10/2013, às 18h40

None

O atacante Diego Costa, do Atlético de Madrid, disse neste domingo, em entrevista ao jornal esportivo “As” após ajudar sua equipe com dois gols a vencer o Celta de Vigo por 2 a 1, que “a decisão” de jogar pela seleção espanhola está “tomada” e agora depende da Fifa.

“A decisão quem tem que dizer é a Fifa. A decisão da seleção está tomada”, declarou o atacante, quando perguntado sobre a possibilidade de defender a Espanha ao invés do Brasil.

“Tenho estado em casa com minha família, com minha filha. Sempre estou à parte desses assuntos, não gosto de ficar ouvindo coisas diferentes porque o mais importante é continuar trabalhando”, afirmou.

Já sobre a vitória de hoje sobre o Celta no estádio Vicente Calderón, Diego avaliou que “está claro que para um atacante sempre é importante marcar gols, mas o mais importante é ganhar”.

Apesar de ter marcado duas vezes e aberto vantagem de dois gols sobre Lionel Messi na disputa pela artilharia do Campeonato Espanhol, o brasileiro lamentou não ter convertido um pênalti que o teria deixado em situação ainda mais confortável na tabela.

“Não gosto de perder pênaltis. Quando tiver outro, vou cobrá-lo”, disse o atacante.

Jornal Midiamax