Geral

Dez líderes de facções criminosas do Maranhão são transferidos para MS

Pelo menos dez detentos que cumpriam penas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas e no Presídio da Polícia Militar, em São Luís, foram transferidos na manhã deste sábado para o Mato Grosso do Sul. Segundo o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, todos ficarão na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande. A SSP confirmou […]

Arquivo Publicado em 21/07/2013, às 11h21

None
813086553.jpg

Pelo menos dez detentos que cumpriam penas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas e no Presídio da Polícia Militar, em São Luís, foram transferidos na manhã deste sábado para o Mato Grosso do Sul. Segundo o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, todos ficarão na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande.


A SSP confirmou a transferência dos detentos Roni Lopes Santos, Josué Santos da Silva, Mauro Soares Alves, Rosildo Ferreira, Ronilson Coutinho, Tobias Oliveira, Francisco Carlos da Silva, Wadson Silva Araújo, Bruno Monteiro Silva, Francisco Carlos de Sousa e Cosme Pereira Lima da Silva.


De acordo com Mendes, a transferência faz parte de uma operação que identificou detentos que ameaçavam a segurança no Estado. “O Ministério da Justiça disponibilizou 30 vagas para o Maranhão e estamos utilizando dez delas. Ainda estamos estudando alguns nomes para uma transferência futura”, afirmou.


Para a transferência, inicialmente os detentos passaram por exames e logo depois foram escoltados em comboio, conduzidos por forças do Grupamento de Presídios e do Grupo Tático de Operações Especiais (GOE).


Morte de detento


Após a transferência, o detento Wanderson Carlos Rodrigues, o ‘Skol’, que cumpria pena na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) de Pedrinhas acabou sendo morto.

Jornal Midiamax