Geral

Criança morre afogada em balde de água em Amambai

Uma tragédia marcou a vida de um jovem casal indígena neste final de semana quando o filho, um menino de apenas 1 ano de idade, morreu afogado ao cair em um balde de água. A fatalidade aconteceu no início da noite desse domingo (20) na Aldeia Amambai, uma das aldeias populosas do Cone Sul de […]

Arquivo Publicado em 21/01/2013, às 13h49

None
902617529.jpg

Uma tragédia marcou a vida de um jovem casal indígena neste final de semana quando o filho, um menino de apenas 1 ano de idade, morreu afogado ao cair em um balde de água.


A fatalidade aconteceu no início da noite desse domingo (20) na Aldeia Amambai, uma das aldeias populosas do Cone Sul de Mato Grosso do Sul, com cerca de 7 mil índios da etnia guarani-kaiowa, situada a cinco quilômetros da cidade, em Amambai.


Segundo a Polícia Civil de Amambai, que atendeu a ocorrência, o pai do garoto não estava em casa e a mãe, uma jovem de 18 anos, tomava banho quando o garoto foi até a cozinha onde o balde, de aproximadamente 18 litros, estava no chão.


Ao tentar brincar com o balde, que estava pela metade de água, a criança teria caído de ponta cabeça dentro do recipiente, que era de plástico, vindo a se afogar e morrer.


Quando os familiares encontraram o garoto ainda tentou buscar socorro, mas a criança já estava morta.


O corpo de Elvis Escobar foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã para a realização do exame necroscópico. A Polícia Civil de Amambai vai instaurar procedimento de praxe para apurar o caso.

Jornal Midiamax