Geral

Criadora do ‘Diário de Classe’ é ameaçada de morte pelo Facebook

A estudante Isadora Faber, criadora do Diário de Classe, página que fez no Facebook para cobrar melhorias em seu colégio, foi ameaçada de morte neste sábado. Segundo a jovem, que tem 13 anos e mora em Florianópolis (SC), a mensagem a assustou, principalmente pela onda de violência que invadiu o Estado nas últimas semanas. “O […]

Arquivo Publicado em 17/02/2013, às 22h37

None

A estudante Isadora Faber, criadora do Diário de Classe, página que fez no Facebook para cobrar melhorias em seu colégio, foi ameaçada de morte neste sábado. Segundo a jovem, que tem 13 anos e mora em Florianópolis (SC), a mensagem a assustou, principalmente pela onda de violência que invadiu o Estado nas últimas semanas.

“O que estou fazendo para ser ameaçada de morte? Por que quem apoia também é ameaçado? Se isso é brincadeira, é de muito mau gosto. Com essa onda de terror que Florianópolis vive atualmente, é bem assustador. Por que é tão difícil exercer a cidadania?”, questionou ela em sua página na rede social.

Na ameaça, o perfil de uma mulher avisa que vai matar não só a dona da página, mas também um amigo dela que a apoia e os pais dos dois. A página da pessoa que ameaçou Isadora não tinha nenhuma publicação e foi criada há 12 dias. Minutos após o comentário da menina, o perfil foi excluido na rede social. Veja a mensagem de ameaça na íntegra:

“Pode indo apagar essa merda de fã clube Isadora Faber porque ela é uma relaxada, porca, ridícula e ela já ‘tá’ com os dias contado (sic). De você Lucas Alves e outros que cuidam dessa merda ‘não deletarem’ essa página eu vou mandar matar vocês. Eu sei ‘onde’ a Isadora Faber e você Lucas Alves moram. Eu já tenho tudo combinado para ‘ferar’ com vocês seus pirralhos de uma merda.

Vou meter bala bem na testa de suas mães e dos seus pais. Tu e a Isadora são uns ‘FDPs ‘e eu vou pegar vocês na saída da escola. Deleta esse fã clube se não quiser sofrer as consequência. Blz. Se liga, fica bem de olhos abertos quando for sair de casa e da escola”

Após a ameaça, Isadora lembrou que em 2012 a família dela já foi vítima de pessoas que criticam a postura do Diário de Classe. “Ano passado minha casa foi apedrejada e minha vó acabou ferida. Agora isso? Quem faz ameaças assim, só pode ser um covarde acomodado que se contenta com as migalhas que são dadas. Deve achar normal a corrupção, os atentados, a violência”, rebateu a menina.

Segundo a própria Isadora, o caso já foi encaminhado para a polícia. Tudo isso acontece no último final de semana de férias da jovem, que volta às aulas nesta segunda-feira, para cursar a oitava série.

Jornal Midiamax