Geral

CPI do Tráfico de Pessoas aprova convocação de acusados

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas da Câmara aprovou hoje (19) a convocação de Carlos Fabrício Pinheiro e Adriano Cansan, acusados da prática de tráfico e exploração sexual. Eles foram presos, na semana passada, pela Polícia Civil do Pará na zona rural de Vitória do Xingu, oeste do estado, depois de […]

Arquivo Publicado em 19/02/2013, às 15h36

None

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas da Câmara aprovou hoje (19) a convocação de Carlos Fabrício Pinheiro e Adriano Cansan, acusados da prática de tráfico e exploração sexual. Eles foram presos, na semana passada, pela Polícia Civil do Pará na zona rural de Vitória do Xingu, oeste do estado, depois de serem flagrados mantendo jovens em cárcere privado em um prostíbulo, que funcionava próximo ao canteiro de obras da Usina de Belo Monte.


Os membros da CPI também aprovaram uma diligência ao município de Altamira (PA) para ouvir as vítimas da quadrilha desmontada pela polícia. Ainda não há uma data definida, mas o presidente da CPI, deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), acredita que a visita pode ocorrer já na próxima semana.


De acordo com a Polícia Civil, Carlos Fabrício Pinheiro e Adriano Cansan eram o garçom e o gerente do bordel onde foram libertadas 15 jovens entre mulheres e travestis e uma menor de idade que eram vítimas de um esquema de tráfico de pessoas para exploração sexual.

Jornal Midiamax