Geral

Coordenador da Sesai promete vir a Campo Grande e índios acabam com ocupação

Os cerca de 150 índios que se revezavam pela ocupação do prédio da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) em Campo Grande entraram em um consenso com o Procurador da República, Emerson Kalif Siqueira e deixam o local nesta terça-feira (8). Eles ocupavam a sede pedindo o afastamento de Nelson Carmelo da presidência. O conselheiro […]

Arquivo Publicado em 08/10/2013, às 19h11

None
441454988.jpg

Os cerca de 150 índios que se revezavam pela ocupação do prédio da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) em Campo Grande entraram em um consenso com o Procurador da República, Emerson Kalif Siqueira e deixam o local nesta terça-feira (8). Eles ocupavam a sede pedindo o afastamento de Nelson Carmelo da presidência.


O conselheiro distrital Nicolau Flores disse que os índios acreditam no diálogo aberto pelo procurador, que ligou para o Coordenador Nacional da Sesai, Fernando Rocha. “O coordenador se comprometeu com a gente em vir no dia 15, semana que vem, conversar sobre a exoneração do Nelson”, disse.


Com isso, os índios deixaram o prédio nesta tarde. Eles mostraram uma faixa de protesto, fechando o trânsito da avenida Via Park por um minuto apenas e foram embora em três ônibus.


Uma ordem judicial exigia a saída dos índios. A Polícia Federal foi ao prédio fazer a desocupação no último dia 3, mas fizeram um acordo com os índios, que prometeram a saída pacífica.

Jornal Midiamax