O motorista Almir Brito dos Santos Neto, 42 anos, encontrou a cadeira de rodas do ator Jorge de Barrros, que havia sido extraviada no último sábado (13) quando o artista voltava para casa de um evento cultural na Lagoa Itatiaia, no bairro Tiradentes.

Almir conta que saiu no domingo para trabalhar, por volta das 5h, e viu a cadeira perto do encostamento da BR 163. Como achou estranho e pensou que alguém poderia ter sido atropelado parou para ajudar. “Vi a cadeira e parei. Pensei que alguém tinha sido atropelado e poderia precisar de ajuda”, diz. Como não havia ninguém, ele pegou a cadeira, pôs no carro e foi para o trabalho.

Dois dias depois, ao ler a matéria no site do Midiamax “Artista perde cadeira de rodas e amigos se mobilizam para comprar uma nova” entrou em contato com o jornal para devolver a cadeira a Jorge de Barros. “Foi muito gratificante poder devolver, ajudar alguém”, conta.

Contudo, apesar da boa vontade de Almir em procurar Jorge de Barros para devolver o objeto, a cadeira foi danificada com a queda e o ator vai precisar comprar outra do mesmo jeito.

Jorge de Barros diz que foi muito legal o motorista ter se prontificado em levar a cadeira, em procurar ajudar. Mas, lamenta que ela tenha se danificado. “Infelizmente ela estragou. Uma roda caiu e o encosto para os pés se perdeu. Acredito que não tem conserto, mas vou tentar negociar esta cadeira como parte do pagamento da nova. Já que algumas peças podem ser aproveitadas”, diz.

Ele conta que já havia feito o pedido a fábrica, já que a cadeira é feita sob medida. E agora, com a colaboração dos amigos, e talvez, a negociação da cadeira danificada, como parte do pagamento, o problema está praticamente solucionado.

Jorge revela que vai tentar negociar com a fábrica ainda hoje e assim que tiver uma resposta vai nos comunicar para avisarmos a todos que estão nesta corrente para ajudá-lo.

A história

A cadeira foi extraviada no último sábado (13), quando Jorge de Barros saía de um evento artístico e voltava para casa. Desde então, o artista está usando uma cadeira alugada para não parar suas atividades.

Os amigos dele se mobilizam nas redes sociais e criaram uma conta no “Vakinha” para arrecadar recursos para comprar uma cadeira nova para Jorge de Barros.

A conta que foi aberta na segunda-feira (15), com meta de arrecadar R$ 2 mil, já tem R$ 880 confirmado e R$ 1.280 a confirmar. O objetivo é juntar o dinheiro até fim deste mês para que Jorge possa pagar o pedido feito à fábrica.