Geral

Bradesco vê redução de calotes em pessoa física e pequenas empresas

O Bradesco vê um viés de queda da inadimplência no segundo semestre, e este movimento deve ficar concentrado em pessoas físicas e pequenas e médias empresas, segundo o diretor executivo Luiz Carlos Angelotti. “Considerando a tendência de curto prazo da inadimplência, a melhora deve vir da pessoa física e da pequena e média empresa”, disse […]

Arquivo Publicado em 23/07/2013, às 12h34

None

O Bradesco vê um viés de queda da inadimplência no segundo semestre, e este movimento deve ficar concentrado em pessoas físicas e pequenas e médias empresas, segundo o diretor executivo Luiz Carlos Angelotti.


“Considerando a tendência de curto prazo da inadimplência, a melhora deve vir da pessoa física e da pequena e média empresa”, disse Angelotti em teleconferência com analistas.


O executivo fez a previsão após ser questionado sobre possíveis efeitos negativos que as empresas de Eike Batista teriam sobre o índice de inadimplência da instituição. Ele não comentou eventuais efeitos específicos das empresas do grupo X nas contas do banco.


Segundo Angelotti, o alto nível de emprego e o menor endividamento apontado pelo Banco Central explicam a perspectiva positiva em relação à inadimplência da pessoa física.


No longo prazo, a inadimplência tende à estabilidade, segundo o executivo.

Jornal Midiamax