Geral

Braço direito de Nem da Rocinha vai a júri popular por nove assassinatos no Rio

Apontado como ex-chefe do tráfico de drogas na comunidade do São Carlos, no Estácio, região central do Rio de Janeiro, e braço direito do traficante Nem da Rocinha, Anderson Mendonça da Rosa, conhecido como Coelho, deve ir a júri popular por nove homicídios, após a decisão do juiz Fábio Uchôa Pinto de Miranda Montenegro, titular […]

Arquivo Publicado em 03/07/2013, às 17h02

None

Apontado como ex-chefe do tráfico de drogas na comunidade do São Carlos, no Estácio, região central do Rio de Janeiro, e braço direito do traficante Nem da Rocinha, Anderson Mendonça da Rosa, conhecido como Coelho, deve ir a júri popular por nove homicídios, após a decisão do juiz Fábio Uchôa Pinto de Miranda Montenegro, titular da 1ª Vara Criminal da Capital.


Coelho, que está no presídio federal de Campo Grande (MS), será julgado em duas ações. Ele foi preso durante a ocupação da favela da Rocinha, na zona sul do Rio, em 2011.


Rosa é acusado de ser o mandante da morte de oito traficantes no Morro dos Macacos, em 2006, por suspeitar que eles estivessem tramando tomar o controle do tráfico do Morro do São Carlos, onde ele seria líder.


A segunda ação é referente ao assassinato de um taxista em 2011, na comunidade do São Carlos, que ele acreditaria ser informante da polícia no local. O réu ainda pode recorrer das duas decisões.

Jornal Midiamax