Geral

Vacinação contra gripe começa na próxima semana

Vacina vai imunizar três tipos de vírus e será aplicada em gestantes, crianças e idosos

Arquivo Publicado em 25/04/2012, às 15h01

None

Vacina vai imunizar três tipos de vírus e será aplicada em gestantes, crianças e idosos

No dia 5 de maio, começa a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e vai até o dia 25 do mesmo mês. A dose protege contra três cepas (subtipos) de vírus que mais circularam no país no ano passado, inclusive, a influenza A (H1N1) – gripe suína. Serão vacinadas grávidas (em qualquer período da gestação), crianças (de seis meses a dois anos), idosos (a partir de 60 anos), povos indígenas e trabalhadores de saúde.


Em Campo Grande, de acordo com a gerente técnica de serviço de imunização, Cássia Tiemi Kanaoka, 110 mil pessoas devem ser vacinadas. No país, a meta é imunizar 24,1 milhões de pessoas, o que representa 80% do público-alvo definido pelo Ministério da Saúde.


Segundo Cássia, na Capital, todos os postos de saúde vão estar em campanha. No dia D, 5 de maio, os principais supermercados (Extra, Carrefour, Walmart e Rede Comper) também vão ter estandes com equipes da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) fazendo a vacinação.


Um trailler da secretaria também vai funcionar como posto de atendimento na avenida Afonso Pena entre a rua 13 de maio e 14 de Julho, entre os dias 5 e 12 de maio.


Para vacinar basta levar um documento pessoal. Quem tiver o cartão SUS recomenda-se levar, mas caso o paciente ainda não o tenha não é obrigatório.


Primeira dose


Crianças que serão vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado deverão receber apenas uma este ano. Os demais grupos deverão tomar dose única.


Reação


As reações adversas são leves e incluem dor ou sensibilidade no local da injeção. Apenas pessoas com alergia severa à proteína do ovo devem procurar um médico antes de serem imunizadas.


Investimento


De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, o órgão investiu R$ 260,3 milhões em 33,9 milhões de doses que serão usadas em todo o país.


Novidade


Cerca de 500 mil presos também devem receber a vacina. Esta será a primeira vez que o grupo será imunizado durante a campanha. Além de doses contra a influenza, os presos vão receber proteção contra a hepatite B, a difteria, o tétano tipo adulto, o sarampo, a caxumba, a rubéola e a febre amarela.

Jornal Midiamax