Geral

Técnico de Enfermagem da Santa Casa teria causado a própria morte acidentalmente

Ele foi encontrado no domingo, desacordado e com parada cardiorrespiratória em um banheiro do hospital

Arquivo Publicado em 19/11/2012, às 12h45

None

Ele foi encontrado no domingo, desacordado e com parada cardiorrespiratória em um banheiro do hospital

O técnico de enfermagem que faleceu na tarde deste domingo na Santa Casa de Campo Grande é Eder Lucas Pereira, de 30 anos. Eder foi encontrado desacordado, com parada cardiorrespiratória em um banheiro do hospital, por volta do meio dia quando a equipe médica tentou reanimá-lo.

De acordo com a polícia, o técnico de enfermagem tinha necrose óssea no fêmur e por isso sentia muitas dores. A causa da morte teria sido suicídio acidental, pois Eder aplicava o medicamento sozinho e pode ter se excedido na dosagem.

Uma seringa com sangue e uma ampola de fentanil – 10mg foram encontradas em uma lixeira próxima ao corpo.

Conforme a Santa Casa, ele morreu as 13h32. Eder era funcionário do hospital há seis meses e estava lotado no CTI.

O fentanil é aproximadamente 100 vezes mais potente que a morfina, utilizado extensivamente para anestesia como um potente analgésico narcótico de início de ação rápido e curta duração de ação que é usado no tratamento da dor.

Jornal Midiamax