Geral

Suel Ferranti defende estatização e menos programas assistencialistas

O candidato Suél Ferranti (PSTU) argumentou que é necessário menos programas assistencialistas a população. Segundo o candidato, é necessário fazer com que a população “aprenda a pescar”. Ele também quer a estatização em alguns setores administrativos da Capital, como na saúde e transportes.

Arquivo Publicado em 16/09/2012, às 02h12

None
918316686.jpg

O candidato Suél Ferranti (PSTU) argumentou que é necessário menos programas assistencialistas a população. Segundo o candidato, é necessário fazer com que a população “aprenda a pescar”. Ele também quer a estatização em alguns setores administrativos da Capital, como na saúde e transportes.

Jornal Midiamax