Geral

PSDB diz que não há acordo para votar Código Florestal

O líder do PSDB, deputado Bruno Araújo (PE), disse que ainda não há acordo para votar no Plenário da Câmara a MP 571/12, sobre o Código Florestal. Segundo ele, que saiu há pouco da reunião de líderes, foi acertada uma obstrução de vários partidos, inclusive da base aliada ao Executivo, para não votar a MP […]

Arquivo Publicado em 04/09/2012, às 19h12

None

O líder do PSDB, deputado Bruno Araújo (PE), disse que ainda não há acordo para votar no Plenário da Câmara a MP 571/12, sobre o Código Florestal. Segundo ele, que saiu há pouco da reunião de líderes, foi acertada uma obstrução de vários partidos, inclusive da base aliada ao Executivo, para não votar a MP até ser esclarecido o novo impasse em torno da matéria (que ainda não entrou na pauta do Plenário).

Um acordo havia permitido a votação, na quarta-feira (29), da MP na comissão mista encarregada de analisá-la. Porém, o texto originário desse entendimento não foi aceito pela presidente Dilma Rousseff, que alegou não ter sido consultada sobre as negociações.

“Ou alguém fechou o acordo sem ter delegação para isso, ou os parlamentares da comissão especial foram ludibriados”, disse Araújo. Segundo ele, existe consenso para votar hoje no Plenário a MP 570/12, que cria o Programa Brasil Carinhoso.

O deputado Ronaldo Caiado (GO), vice-líder do DEM, informou ter apresentado questão de ordem ao presidente do Senado, José Sarney, para que a MP do Código Florestal retorne à comissão mista caso o governo confirme a intenção de não cumprir o acordo que permitiu a sua votação no colegiado. Caiado pretende encaminhar o mesmo pedido ao presidente da Câmara, Marco Maia.

Jornal Midiamax