Geral

Promotor que atropelou e matou família em São Paulo é condenado a 4 anos

O promotor de Justiça Wagner Grossi foi condenado a quatro anos de prisão, revertidos em prestação de serviços à comunidade, por um acidente que matou um casal e uma criança de 7 anos que estavam em uma moto há cinco anos. A decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) foi tomada na terça-feira, […]

Arquivo Publicado em 25/08/2012, às 11h00

None

O promotor de Justiça Wagner Grossi foi condenado a quatro anos de prisão, revertidos em prestação de serviços à comunidade, por um acidente que matou um casal e uma criança de 7 anos que estavam em uma moto há cinco anos. A decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) foi tomada na terça-feira, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão.

De acordo com a investigação policial, o promotor invadiu a pista contrária da rodovia Elyeser Montenegro Magalhães, em Araçatuba, interior de São Paulo, em outubro de 2007, atingindo a moto onde a família estava.

Na época, testemunhas relataram que Grossi estava em alta velocidade e perdeu o controle da caminhonete Ranger ao passar por um quebra-molas. Laudo de um médico confirmou que ele estava em estado de “embriaguez moderada”.

Jornal Midiamax