Geral

Projeto Padrinho consegue doação de micro-ônibus em Três Lagoas

As instituições Entidade de Acolhimento Poço de Jacó e Casa Acolhedora, do município de Três Lagoas, foram contempladas com um micro-ônibus doado pela empresa Eldorado Celulose e Papel S/A. A entrega do veículo ocorreu nesta terça-feira (31) e contou com a presença de representantes da empresa doadora, da Prefeitura Municipal, do Projeto Padrinho e as […]

Arquivo Publicado em 02/08/2012, às 11h38

None

As instituições Entidade de Acolhimento Poço de Jacó e Casa Acolhedora, do município de Três Lagoas, foram contempladas com um micro-ônibus doado pela empresa Eldorado Celulose e Papel S/A. A entrega do veículo ocorreu nesta terça-feira (31) e contou com a presença de representantes da empresa doadora, da Prefeitura Municipal, do Projeto Padrinho e as crianças da instituição.

A juíza da 1ª Vara Criminal – Infância e Juventude, Rosângela Alves de Lima Fávero, ressalta a importância da doação. “A colaboração da empresa revela a preocupação da sociedade com o maior patrimônio do País que é justamente a infância e, mesmo diante de tantas carências nesta área, esta contribuição é de extrema valia porque as crianças deixavam de participar de muitos eventos pela falta do transporte, o que certamente não ocorrerá mais. O exemplo da empresa doadora é muito importante porque incentivará outros a seguirem o caminho da solidariedade”.
A doação é resultado de um projeto elaborado pela coordenadora do Projeto Padrinho em Três Lagoas, a assistente social judiciária Elisângela Facirolli do Nascimento, e aprovado pela juíza.
Após um ano da elaboração do projeto, a solicitação do veículo à empresa Fábrica Eldorado foi atendida. “O projeto foi elaborado, encaminhado à empresa, que o aprovou. Após isto, foi feita a aquisição do micro-ônibus, que foi entregue já adesivado”, conta a coordenadora do Projeto Padrinho.
A Entidade de Acolhimento Poço de Jacó é uma instituição pública e está sob a responsabilidade da Prefeitura Municipal de Três Lagoas. Ela já manteve acolhidas aproximadamente 70 crianças, mas atualmente acolhe 24, entre crianças e adolescentes. A Casa Acolhedora é uma casa que acolhe crianças e adolescentes em situação de risco.
A necessidade de transporte é para atender as atividades diárias, além de auxiliar as técnicas (assistente social, psicóloga e pedagoga) a realizarem visitas domiciliares e institucionais.
O veículo foi doado à Prefeitura, mas em consignação para uso exclusivo da entidade, de acordo com a assistente social. Ele será utilizado para transporte de crianças e adolescentes que se encontram acolhidos, o que até então era feito apenas por um veículo Kombi.
Elisângela explica que para a manutenção do micro-ônibus, a Prefeitura Municipal arcará com os custos. “A Prefeitura vai ficar com os gastos com a manutenção, combustível e motorista para o micro-ônibus”.
O veículo possui capacidade para 25 lugares, espaço para cadeira de roda, ar-condicionado e cinto de segurança três pontos, que auxilia na utilização das cadeirinhas para as crianças menores.
O Projeto Padrinho foi lançado em Três Lagoas em abril de 2010.
Jornal Midiamax