Geral

PIB da União Europeia registrou queda de 4,5% em 2011

No ano passado, auge da crise econômica internacional, os europeus registraram queda no Produto Interno Bruto (PIB). Em 2011, a União Europeia acumulou uma retração média de 4,5%, sendo que na zona do euro houve queda de 4,1%. A dívida pública na região subiu para 82,5% do PIB em comparação com os 80% registrados em […]

Arquivo Publicado em 23/04/2012, às 12h08

None

No ano passado, auge da crise econômica internacional, os europeus registraram queda no Produto Interno Bruto (PIB). Em 2011, a União Europeia acumulou uma retração média de 4,5%, sendo que na zona do euro houve queda de 4,1%. A dívida pública na região subiu para 82,5% do PIB em comparação com os 80% registrados em 2010. Os dados são do instituto de estatística do bloco, o Eurostat.


Pelos dados, as maiores quedas no PIB foram registradas na Irlanda (13,1%), Grécia (9,1%), Espanha (8,5%) e Grã-Bretanha (8,3%). As menores retrações ocorreram na Finlândia (0,5%), em Luxemburgo (0,6%) e na Alemanha (1%). Houve crescimento na Hungria (4,3%), Estônia (1%) e Suécia (0,3%).


De acordo com o Eurostat, 24 países europeus melhoraram sua dívida pública em 2011 em relação ao ano anterior. Mas houve piora no Chipre e na Eslovênia, enquanto na Suécia o resultado ficou estável. Os níveis mais baixos de dívida pública foram registrados na Estônia (6% do PIB), Bulgária (16,3%), em Luxemburgo (18,2%), na Romênia (33,3%) e Suécia (38,4%).


Em quatro países, os percentuais da dívida pública foram considerados elevadíssimos: Grécia (165,3% do PIB), Itália (120,1%), Irlanda (108,2%) e Portugal (107,8 %). Os governos desses países adotaram medidas de contenção interna de gastos e enfrentaram momentos de turbulência devido à reação negativa da população.


A União Europeia como um todo reduziu os níveis de despesa pública e aumento da receita em relação ao PIB em 2011, na comparação com 2010. No total de 27 países, os gastos atingiram 49,1% do PIB e as receitas chegaram a 44,6%.

Jornal Midiamax