Geral

Pesquisa aponta empate entre Chávez e Capriles na Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e o principal candidato da oposição, Henrique Capriles, estão em empate técnico em pesquisa do instituto Consultores 21, divulgada nesta sexta-feira. No entanto, pela primeira vez o rival do mandatário aparece liderando uma sondagem para a eleição presidencial de 7 de outubro. De acordo com o instituto, a intenção […]

Arquivo Publicado em 24/08/2012, às 22h38

None

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e o principal candidato da oposição, Henrique Capriles, estão em empate técnico em pesquisa do instituto Consultores 21, divulgada nesta sexta-feira. No entanto, pela primeira vez o rival do mandatário aparece liderando uma sondagem para a eleição presidencial de 7 de outubro.


De acordo com o instituto, a intenção de voto em favor de Capriles em agosto ficou em 47,7%, enquanto Chávez caiu para 45,9%. No entanto, a diferença de 1,8 ponto está dentro da margem de erro da pesquisa, de cerca de 3,2 pontos percentuais. Na pesquisa de junho, o presidente liderava com 3,4 pontos de vantagem.


A pesquisa foi feita com mil entrevistados na primeira quinzena de agosto. O número de indecisos ficou em 6,4%, abaixo de outras empresas de sondagem.


Chávez lidera a maioria das pesquisas feitas por empresas privadas, mas a margem entre ambos os candidatos difere desde o empate técnico até mais de 30 pontos entre as pesquisas.


Na mais recente medição do respeitado Datanálisis, 46,8% afirmou que votaria pelo atual presidente contra 34,3% que votaria pelo opositor, enquanto 18% se declararam indecisos. A pesquisa foi feita entre 16 de julho e 9 de agosto.


Enquanto isso, os dois comandos de campanha percorrem o país tentando quebrar a base de apoio um do outro.


Capriles, escolhido em fevereiro em eleições primárias da oposição que contaram com o voto de mais de 3 milhões de eleitores, explorou o território venezuelano em uma campanha casa por casa.


Do outro lado, um Chávez recuperado fisicamente após se submeter a tratamentos pelo câncer visita grandes cidades em atos de campanha.


Jornal Midiamax