Geral

Paraguaio morre em Dourados com suspeita de gripe suína

Um paraguaio, cujo nome não foi divulgado, morreu na última terça-feira (05), em Dourados com suspeita portar o vírus da gripe Influenza A (H1N1), famosa “gripe suína”. Porém de acordo com a infectologista Dra. Mariana Trinidad Croda, os exames realizados no paciente apontam que o homem de idade média teria morrido com pneumonia. Outros três […]

Arquivo Publicado em 11/06/2012, às 20h24

None

Um paraguaio, cujo nome não foi divulgado, morreu na última terça-feira (05), em Dourados com suspeita portar o vírus da gripe Influenza A (H1N1), famosa “gripe suína”.


Porém de acordo com a infectologista Dra. Mariana Trinidad Croda, os exames realizados no paciente apontam que o homem de idade média teria morrido com pneumonia.


Outros três integrantes da família paraguaia estão internados em Dourados, também com a suspeita da gripe. Segundo a infectologista já foram realizados os exames na família e todos estão em observação, dentro de duas semanas o resultado deve ser divulgado. “O material já foi colido e mandado para São Paulo, eles estão em observação, mas o quadro clínico mostrou uma melhora significativa, o que pode não ser a H1N1” afirmou a médica.


Mariana explicou ainda que o caso aconteceu na divisa com o estado e que pelo Paraguai não ter um cronograma de vacinação contra a gripe, isso pode ter causado a contaminação. “O país vizinho não possui um histórico de vacinação e devido a isso a família foi infectada com o vírus da Influenza (gripe) com suspeita de ser a H1N1” disse.


O Vírus


A Influenza A H1N1 (comumente conhecida como Gripe Suína) é uma gripe pandêmica que atualmente está acometendo a população de inúmeros países. A doença é causada pelo vírus influenza A H1N1, o qual representa o rearranjo quádruplo de cepas de influenza (02 suínas, 01 aviária e 01 humana).


A gripe foi inicialmente detectada no México no final de março de 2009 e desde então se alastrou por diversos países. Desde junho de 2009 a Organização Mundial da Saúde elevou o nível de alerta de pandemia para fase 06, indicando ampla transmissão em pelo menos dois continentes.


Os sinais e sintomas da gripe suína são semelhantes aos da gripe comum, tais como febre, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dor na garganta e fraqueza. Entretanto, diferentemente da gripe comum, ela costuma apresentar complicações em pessoas jovens.


Jornal Midiamax