Geral

Pacote de obras da prefeitura inclui construção de novos Centros de Educação Infantil

A prefeitura de Campo Grande lança no próximo dia 27, às 9h, na Secretaria Municipal de Educação, um pacote de obras que inclui oito novos Centros de Educação Infantil. Na ocasião, será assinada a ordem de serviço para iniciar a construção, que terá o custo total de R$ 14,5 milhões. Somando as obras que serão […]

Arquivo Publicado em 20/01/2012, às 16h00

None

A prefeitura de Campo Grande lança no próximo dia 27, às 9h, na Secretaria Municipal de Educação, um pacote de obras que inclui oito novos Centros de Educação Infantil. Na ocasião, será assinada a ordem de serviço para iniciar a construção, que terá o custo total de R$ 14,5 milhões. Somando as obras que serão entregues e as que serão iniciadas, o investimento será de R$ 107 milhões.


Os oito bairros beneficiados com a construção dos Ceinfs são Jardim Varandas do Campo, Noroeste, Moreninha IV, Beta Vile, Residencial Oiti, Santa Emília, Tijuca II e Vida Nova III. A prefeitura também abre licitação para obras de Centros de Educação no Jardim Anache, Centenário, Inápolis, Moema, Nascente do Segredo, Oliveiro III, São Conrado, Vespaziano Martins, Vila Nasser, Popular e Zé Pereira.


De acordo com a prefeitura, a primeira obra a ser entregue é o reordenamento do sistema viário do entorno do Shopping Campo Grande, no dia 28, às 9h, onde foram investidos R$ 11 milhões em controle de enchente, paisagismo, iluminação pública e pavimentação. Na ocasião, será aberta a ligação viária da Via Parque à rua Paulo Coelho Machado e a Rubens Gil de Camillo, pela Mauro Rogério de Barros Vanderlei, cortando a avenida Afonso Pena.


O projeto viário também inclui uma alça de acesso da rua Mauro Rogério à Paulo Coelho Machado, no sentido Afonso Pena-Mato Grosso; ligação da Via Parque à Ivan Fernandes Ferreira, que margeia o Parque das Nações Indígenas. A nova via garante o acesso à rua Coronel Cacildo Arantes, passando pela Afonso Pena.


Já para a contenção de enchentes, foi construída uma galeria que vai regular a vazão da água em dias de fortes chuvas com 220 metros de canal de concreto, com 7.5 metros de largura e três metros de altura. As galerias têm capacidade para armazenar 99.448 mil litros de água. O concreto utilizado na obra era suficiente para erguer um prédio de 20 andares. Foi aberto um poço com capacidade para conter 15 milhões de litros de água.


Mais ordens de serviço


No dia 27, serão assinadas ordens de serviço para a construção de 72 salas em 63 escolas municipais, onde serão implantados laboratórios de ciências e matemática. A prefeitura também libera para a edificação de pontes de concreto armado no Rio Anhanduí (na avenida Arquiteto Álvaro Macini) e no Córrego Prosa (na rua Rio Grande do Sul).


A avenida Duque de Caxias receberá iluminação pública nos trechos entre a Vila Popular e Indubrasil, assim como as avenidas Presidente Vargas e João Arinos. Será iniciada a construção de mais 482 casas populares, além da drenagem e urbanização dos córregos Cabaças e Parque dos Laranjais.


Outras obras


Em fevereiro, a prefeitura entrega o Centro de Educação Infantil do Jardim das Hortências e a revitalização de nove praças da Capital, ganham academias a céu aberto.


O investimento na pavimentação beneficiará 19 corredores do transporte coletivo e ruas na Vila Nasser e Jardim Noroeste, que também recebem serviço de drenagem.


O programa de inauguração vai até o dia 02 de março, quando está prevista a entrega da Escola Municipal Celina Martins Jallad, no Residencial Oiti, com 10 salas de aula.

Jornal Midiamax