Insatisfeita, a jovem inglesa começou numa atividade física e conseguiu perder cerca de 44 quilos. Ela e seu marido aderiram à maratona do sexo

Pauline Potter, de 47 anos, foi nomeada a mulher mais gorda do mundo quando seu peso chegou a 330 quilos. Insatisfeita, a jovem inglesa começou numa atividade física e conseguiu perder cerca de 44 quilos. Ela e seu marido aderiram à maratona do sexo.

Acreditando que conseguiria emagrecer, Pauline e seu esposo Alex passaram a fazer sexo sete vezes por dia. “Eu não consigo me mexer muito na cama, mas queimar 500 calorias por sessão é um ótimo exercício. Fico apenas chacoalhando o corpo”, conta Pauline.

Apaixonado, Alex conta que “é difícil posicioná-la e encontrar os seus pontos de prazer porque Pauline tem uma grande quantidade de gordura na região pélvica”. Mas isso não impede o rapaz de satisfazer sua companheira e contribuir para que ela perca peso. As informações são do “The Sun”.