Geral

Mulher mais alta do mundo, morre na China aos 40 anos, com 2,33 metros

A mulher mais alta do mundo, Yao Defen (2,33 metros), morreu em novembro aos 40 anos de idade devido ao tumor na glândula pituitária que provocou seu crescimento anormal, informou nesta quarta-feira a imprensa local. Nascida em 1972 e natural da província de Anhui, Yao cresceu exageradamente durante a adolescência porque o tumor causava a […]

Arquivo Publicado em 05/12/2012, às 13h38

None
757048399.jpg

A mulher mais alta do mundo, Yao Defen (2,33 metros), morreu em novembro aos 40 anos de idade devido ao tumor na glândula pituitária que provocou seu crescimento anormal, informou nesta quarta-feira a imprensa local.


Nascida em 1972 e natural da província de Anhui, Yao cresceu exageradamente durante a adolescência porque o tumor causava a secreção de muitos hormônios de crescimento, até o ponto que aos 13 anos já media 1,85 metros.


Após uma complexa intervenção cirúrgica, em 2006 os médicos conseguiram extirpar-lhe o nódulo em questão, o que freou sua doença, mas um ano depois reapareceu e sua família não pôde pogar outra operação do tipo por seu alto custo.


Yao, que pesava cerca de 200 quilos e calçava 55, sofria hipertensão, várias doenças do coração, desnutrição e osteoporose devido ao gigantismo.


A chinesa não foi considerada a mulher mais alta do mundo até o ano 2011, quando o livro Guinness dos recordes certificou o fato.

Jornal Midiamax