Geral

Ministro da Agricultura e General do Exército conferem retomada da Operação Boiadeiro

Por conta do foco de Aftosa, cinco municípios do Estado, que fazem a fronteira com o Paraguai estão sendo monitorados por cerca de 100 homens do CMO (Comando Militar do Oeste). A instituição retomou na manhã desta sexta-feira, às 8h, a operação Boiadeiro, que auxilia equipes da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e […]

Arquivo Publicado em 06/01/2012, às 16h47

None
980754348.jpg

Por conta do foco de Aftosa, cinco municípios do Estado, que fazem a fronteira com o Paraguai estão sendo monitorados por cerca de 100 homens do CMO (Comando Militar do Oeste). A instituição retomou na manhã desta sexta-feira, às 8h, a operação Boiadeiro, que auxilia equipes da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e da Seprotur (Secretaria de Estado e de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo) a realizarem vistorias na documentação dos caminhões que transportam gado.

“Os pontos de bloqueio são Porto Murtinho, Bela Vista, Ponta Porã, Paranhos e Sete Quedas. Os militares do exército fazem revezamento e ficam cerca de 10 homens em cada posto. Para ver in loco o funcionamento das operações na manhã de hoje, o comandante geral de exército do CMO, João Francisco Ferreira e o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho sobrevoaram os locais e depois seguiram para Campo Grande, para se reunir com superintendentes e secretários de Agricultura de MS, na tarde de hoje”, afirma o major Robson Peroni, chefe interino de comunicação social do CMO.

Jornal Midiamax