Geral

Massa acredita que Ferrari “tem boas chances de marcar pontos”

A Ferrari do piloto brasileiro Felipe Massa teve uma repentina melhora nos treinos classificatórios deste sábado, o que o fez sentir que tem boas condições de lutar por pontos no Grande Prêmio da China. Massa se classificou para a sexta fila do grid de largada, na 12ª posição, com o tempo de 1min36s255. Seu companheiro […]

Arquivo Publicado em 14/04/2012, às 21h33

None

A Ferrari do piloto brasileiro Felipe Massa teve uma repentina melhora nos treinos classificatórios deste sábado, o que o fez sentir que tem boas condições de lutar por pontos no Grande Prêmio da China.

Massa se classificou para a sexta fila do grid de largada, na 12ª posição, com o tempo de 1min36s255. Seu companheiro de equipe e líder do Mundial de F1, Fernando Alonso, larga em 9º.

“Estou ligeiramente satisfeito. Certamente esperava ter entrado no Q3, mas de qualquer forma vou lutar, é uma diferença pequena para os pilotos que entraram no Q3”, afirmou Massa.

Ele destacou a melhoria no rendimento do carro das sessões de treinos para as classificatórias, em comparação com a evolução das demais equipes, e isso “sem grandes mudanças no carro”, por isso está confiante para a corrida de amanhã no circuito de Xangai.

Apesar da aparente mudança nos resultados entre os treinos e classificatórias, Massa confessou que não houve avanços técnicos envolvidos. “O carro com que fiz o treino e com o qual fiz a classificação era o mesmo. Simplesmente o carro melhorou de uma hora para outra”, assinalou.

“De manhã, a diferença que tinha dos carros que estavam na frente era de 10 segundos, agora diminui”, comparou, embora Alonso e ele tenham consciência de que têm de melhorar para superar as limitações de seus carros, mais lentos do que os de seus principais rivais.

“Não estamos felizes, mas estamos no caminho, acho que conseguimos que o carro fosse mais competitivo na classificação, e espero que amanhã também seu comportamento seja positivo para poder brigar por pontos”, resumiu.

Jornal Midiamax