Geral

Maior parte das empresas sem empregados fecha portas antes de três anos de atividade

A maioria das empresas sem pessoal assalariado encerrou suas atividades antes de completar três anos no mercado. É o que aponta o estudo Demografia das Empresas 2010, apresentado hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Das empresas sem pessoal assalariado que entraram no mercado em 2007, 54,7% tiveram que fechar as portas […]

Arquivo Publicado em 27/08/2012, às 14h31

None

A maioria das empresas sem pessoal assalariado encerrou suas atividades antes de completar três anos no mercado. É o que aponta o estudo Demografia das Empresas 2010, apresentado hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Das empresas sem pessoal assalariado que entraram no mercado em 2007, 54,7% tiveram que fechar as portas no terceiro ano; entre as empresas com 1 a 9 pessoas assalariadas esse percentual foi 29,7% e nas com 10 ou mais empregados foi de menos de 20%.


Do total de 464,7 mil empresas criadas em 2007, aproximadamente 353 mil (76,1%) sobreviveram em 2008, 285 mil (61,3%) havia sobrevivido no mercado até 2009 e mais de 240 mil sobreviveram até 2010 (51,8%).


As atividades que se destacaram em sobrevivência de empresas foram: saúde e serviços sociais (61,4%), eletricidade e gás (60,8%) e água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação (57,4%).

Jornal Midiamax