Geral

Lula inicia compromissos eleitorais sem falar no mensalão

Em seu primeiro comício após o tratamento contra o câncer de laringe, o ex-presidente Lula não comentou sobre o julgamento do mensalão e criticou o PSDB, que rompeu aliança com o (PT) em Belo Horizonte (MG). Segundo o jornal Folha de S.Paulo, cerca de cinco mil pessoas estiveram, na última sexta-feira, na praça onde ocorreu […]

Arquivo Publicado em 01/09/2012, às 16h00

None

Em seu primeiro comício após o tratamento contra o câncer de laringe, o ex-presidente Lula não comentou sobre o julgamento do mensalão e criticou o PSDB, que rompeu aliança com o (PT) em Belo Horizonte (MG). Segundo o jornal Folha de S.Paulo, cerca de cinco mil pessoas estiveram, na última sexta-feira, na praça onde ocorreu o discurso de cerca de 15 minutos do petista.


“Deus colocou o dedo no lugar certo e disse o seguinte: se aqueles que o PT ajudou a chegar no poder não querem mais ficar com o PT, o PT não vai ficar chorando. Que eles saibam: eles não estariam no governo se não fosse por nós”, afirmou o ex-presidente, provocando os adversários. A declaração incitou a militância local contra o prefeito Marcio Lacerda (PSDB), candidato à reeleição em Belo Horizonte, que rompeu aliança com o PT em junho deste ano. Ele disputa a prefeitura da capital mineira com o ex-ministro Patrus Ananias (PT).


Lula pretende comparecer à compromissos eleitorais em 17 cidades, entre elas Recife em Fortaleza, que também tiveram a aliança entre PT e PSDB rompidas.

Jornal Midiamax