Geral

Jean estreia bem na seleção e ajuda na conquista do Clássico das Américas

A noite desta quarta-feira (21) certamente ficará marcada na memória do sul-mato-grossense Jean Raphael Vanderlei Moreira, de 26 anos, jogador do Fluminense. Ele fez sua estreia com a seleção brasileira disputando a final do Superclássico das Américas no estádio “La Bombonera”, em Buenos Aires (AR), contra a equipe da casa. O Brasil venceu nos penaltis […]

Arquivo Publicado em 22/11/2012, às 12h52

None

A noite desta quarta-feira (21) certamente ficará marcada na memória do sul-mato-grossense Jean Raphael Vanderlei Moreira, de 26 anos, jogador do Fluminense. Ele fez sua estreia com a seleção brasileira disputando a final do Superclássico das Américas no estádio “La Bombonera”, em Buenos Aires (AR), contra a equipe da casa. O Brasil venceu nos penaltis por 4 a 2.


O volante entrou em campo aos 23 minutos da segunda etapa no lugar de Arouca, para atuar ao lado de outros quatro companheiros de clube que já estavam em campo: Fred, Diego Cavalieri, Carlinhos e Tiago Neves.


A presença do jovem nascido em Campo Grande era discreta até os 35 minutos, quando ele fez penalti em Martinez. Jean roubou a bola do argentino “na boa”, fora da área, mas mesmo assim o árbitro chileno Enrique Osses interpetrou como se a falta houvesse acontecido dentro da área e marcou a penalidade. Scocco bateu e abriu o placar para os argentinos.


Dois minutos depois, Jean voltou a aparecer. Ele aproveitou o rebote da defesa adversária e bateu para o gol. A bola encontrou o artilheiro Fred que apenas deslocou o goleiro Orion, igualando o marcador.


Contudo, aos 44, a defesa brasileira errou o bote e abriu espaço para Montillo que partiu em direção ao gol. Jean se aproximou para marcá-lo, porém, não conseguiu roubar a bola com firmeza e no prosseguimento da jogada, Scocco fez o segundo.


Como o Brasil havia vencido a primeira partida realizada em Goiânia (GO), por 2 a 1, o resultado na Bombonera levou a decisão para os pênaltis. O sul-mato-grossense foi um dos escolhidos pelo técnico Mano Menezes para cobrar. Ele bateu e fez, ajudando a Seleção a conquistar o superclássico pela segunda vez consecutiva.


Em recente entrevista à página do Globo Esporte, Jean disse estar vivendo o melhor momento da carreira desde que chegou ao Fluminense, no início do ano. Sagrou-se campeão estadual e campeão brasileiro. Suas boas atuações lhe garantiram a convocação para seleção, bem com uma contratação em definitivo por parde da equipe carioca.

Jornal Midiamax