Geral

Indústria brasileira segue trajetória de queda, diz IBGE

A produção industrial registrou queda de 2,1% em janeiro de 2012, em relação a dezembro de 2011, na série livre de influências sazonais, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na taxa anualizada (acumulado nos últimos doze meses), a trajetória é descendente desde outubro de 2010 (11,8%), e assinalou em janeiro […]

Arquivo Publicado em 07/03/2012, às 20h32

None

A produção industrial registrou queda de 2,1% em janeiro de 2012, em relação a dezembro de 2011, na série livre de influências sazonais, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Na taxa anualizada (acumulado nos últimos doze meses), a trajetória é descendente desde outubro de 2010 (11,8%), e assinalou em janeiro de 2012 (-0,2%) o primeiro resultado negativo desde março de 2010 (-0,3%).


A queda veio após taxas ligeiramente positivas em novembro (0,1%) e em dezembro (0,5%), na comparação com o mês imediatamente anterior. No confronto com janeiro de 2011, a atividade fabril apontou redução de 3,4%, quinto resultado negativo consecutivo nesse tipo de comparação.


A queda de 2,1% na comparação com dezembro de 2011 foi explicada em grande parte pelo recuo na produção de 14 dos 27 ramos investigados, segundo o IBGE. O destaque negativo ficou para o impacto vindo de veículos automotores (-30,7%), pressionado principalmente pela concessão de férias coletivas que atingiu várias empresas do setor.

Jornal Midiamax