Geral

IGP-10 tem queda e registra inflação de 0,42% em outubro

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) foi 0,42% em outubro deste ano. A taxa é inferior à registrada em setembro (1,05%), segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A queda foi influenciada exclusivamente pelos preços no atacado. A taxa do subíndice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) caiu de 1,4% em […]

Arquivo Publicado em 17/10/2012, às 12h07

None

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) foi 0,42% em outubro deste ano. A taxa é inferior à registrada em setembro (1,05%), segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A queda foi influenciada exclusivamente pelos preços no atacado.


A taxa do subíndice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) caiu de 1,4% em setembro para 0,4% em outubro. O destaque foi o preço dos alimentos in natura, que apresentou deflação (queda de preços) de 1,92% em outubro.


Em setembro houve inflação de 1,1%. Outros dois subíndices que compõem o IGP-10 tiveram alta no período. O Índice de Preços ao Consumidor passou de 0,42% em setembro para 0,57% em outubro.


A principal influência para essa subida da inflação veio do grupo vestuário, que passou de uma deflação de 0,36% para uma inflação de 0,97%. O Índice Nacional de Custo da Construção subiu de 0,17% para 0,24% em setembro devido alta dos materiais, equipamentos e serviços, que passaram de 0,35% para 0,5%.


O IGP-10 de outubro foi medido com base em preços coletados entre os dias 11 de setembro e 10 deste mês. O índice acumula alta de 7,05% no ano e 7,71% nos últimos 12 meses.


O Índice Geral de Preços é uma média do Índice de Preços no Atacado (IPA), Índice de Preços ao Consumidor (IPC) no Rio de Janeiro e São Paulo e o Índice Nacional do Custo da Construção Civil (INCC). É mais usado em contratos de longo prazo.

Jornal Midiamax