Geral

Geraldo Espíndola e outros 15 artistas recebem medalha ‘Tom do Pantanal’

Com o objetivo de reconhecer o talento musical de artistas sul-mato-grossenses que difundem o Estado nacional e internacionalmente por meio da música, a Assembleia Legislativa promoveu na noite desta quinta-feira (22) a entrega da medalha “ Tom do Pantanal – Arara Azul”. O cantor e compositor Geraldo Espíndola, que tem mais de 40 anos de […]

Arquivo Publicado em 23/11/2012, às 14h06

None
1750631367.jpg

Com o objetivo de reconhecer o talento musical de artistas sul-mato-grossenses que difundem o Estado nacional e internacionalmente por meio da música, a Assembleia Legislativa promoveu na noite desta quinta-feira (22) a entrega da medalha “ Tom do Pantanal – Arara Azul”.



O cantor e compositor Geraldo Espíndola, que tem mais de 40 anos de carreira, foi o destaque da noite e recebeu a honraria das mãos da deputada Mara Caseiro (PTdoB). Ao discursar em nome de todos os homenageados, ele disse que a música contribui para formar pessoas mais educadas e civilizadas.



“É uma alegria enorme fazer parte dos homenageados, grandes amigos da música regional. Fico muito feliz e orgulhoso com essa honraria”, declarou.



Geraldo anunciou que lançará seu novo CD no dia 29 de novembro, no teatro Glauce Rocha, às 20h30, com a presença de Zeca Baleiro, Tetê Espíndola, Jerry Espíndola, entre outros músicos. Na ocasião, ele vai comemorar seus 60 anos de idade, celebrados exatamente um dia após o lançamento do disco.



A Medalha Tom do Pantanal – Arara Azul foi instituída pela Resolução 12, de 27 de abril de 2010. Antes da cerimônia de entrega da honraria, o Coral dos servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul fez uma apresentação com repertório de canções variadas, inclusive regionais.



Além de Geraldo Espíndola, outros 15 artistas receberam ontem a honraria da Assembleia Legislativa. São eles:



Tetê Espíndola – Dione Hashioka (PSDB)



Américo e Nando – Alcides Bernal (PP)



Banda de Música Mirim da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul – Cabo Almi (PT)



Pedro e Geraldo – Eduardo Rocha (PMDB)



Marciel Côrrea – Felipe Orro (PDT)



Luiz Goiano e Girsel da Viola – Junior Mochi (PMDB)



Benedito Rodrigues de Freitas – Laerte Tetila (PT)



João Aroldo Ajala Fernandes – Lauro Davi (PSB)



Osmar da Gaita – Marcio Monteiro (PSDB)



Carlos Neder e Nair – Marquinhos Trad (PMDB)



André e Renan – Paulo Corrêa (PR)



Grupo Sampri – Professor Rinaldo (PSDB)



Os Filhos de Maracaju – Jerson Domingos (PMDB)



Patrícia e Adriana – George Takimoto (PSL)



Fábio Adames Coimbra e Bruno Kuninari (Duo VS) – Antônio Carlos Arroyo (PR).


Jornal Midiamax