Geral

Fidelidade do PTdoB não garante apoio do governador na briga por presidência da Câmara

Convidado a evento do PTdoB justamente para pavimentar a eleição do vereador Flávio César (PTdoB) à presidência da Câmara Municipal, o governador André Puccinelli (PMDB) prometeu não botar “o bedelho” na disputa pelo comando do Legislativo de Campo Grande. “Não vou interferir na eleição da Mesa da Câmara”, declarou na presença da cúpula do PTdoB. “Reitero […]

Arquivo Publicado em 22/11/2012, às 18h53

None
848277601.jpg

Convidado a evento do PTdoB justamente para pavimentar a eleição do vereador Flávio César (PTdoB) à presidência da Câmara Municipal, o governador André Puccinelli (PMDB) prometeu não botar “o bedelho” na disputa pelo comando do Legislativo de Campo Grande.


“Não vou interferir na eleição da Mesa da Câmara”, declarou na presença da cúpula do PTdoB. “Reitero e reafirmo, os vereadores terão autonomia total”, acrescentou sobre o posicionamento dos 21 vereadores eleitos pela coligação governista.


Antes, em entrevista coletiva, Puccinelli se queixou de ser acusado frequentemente de “colocar o bedelho” em diversas discussões. “Me acusam de alguns pecados que não tenho; o André interfere a todo momento, não vou interferir nem na eleição da Assembleia”, prometeu.


Para o governador, “na Câmara é o prefeito que tem que se meter”. “Porque vocês não acreditam em mim?”, insistiu para reforçar não interferir em discussões que não se relacionam ao seu cargo.

Jornal Midiamax