Geral

Ex-amante de Bruno nega sequestro de Eliza e do bebê

Em depoimento na tarde desta quinta-feira (22), no Fórum de Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte), a ré Fernanda Castro, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes, negou ter participado do sequestro de Eliza Samudio e seu filho com o goleiro Bruno. Ela é acusada pelos crimes de sequestro e cárcere privado de ambos. Segundo a Polícia […]

Arquivo Publicado em 22/11/2012, às 18h33

None

Em depoimento na tarde desta quinta-feira (22), no Fórum de Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte), a ré Fernanda Castro, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes, negou ter participado do sequestro de Eliza Samudio e seu filho com o goleiro Bruno.



Ela é acusada pelos crimes de sequestro e cárcere privado de ambos. Segundo a Polícia Civil e o Ministério Público, Fernanda ajudou a manter Eliza e a criança dentro do sítio do goleiro em Esmeraldas (MG).



A juíza Marixa Fabiane perguntou, na abertura de seu interrogatório, se a denúncia contra ela é verdadeira. “Não senhora.” Questionada porque acha que está sendo denunciada, ela respondeu: “Sinceramente, não sei lhe responder”.



A interrogada afirmou que só esteve no sítio do goleiro em Esmeraldas na madrugada e manhã de 7 de junho de 2010, quando dormiu lá a pedido do goleiro. “Essa foi a única vez que fomos ao sítio”.



No dia anterior, ela assistiu ao jogo do time 100%, patrocinado por Bruno, em Ribeirão das Neves (MG), e passou o restante do dia em um bar com o jogador e amigos. De acordo com Fernanda, Eliza Samudio esteve no jogo do time, junto com o filho. Por volta de 1h, ela foi com Bruno para o sítio.



Às 9h30, Macarrão passou no local para levá-la ao Rio de Janeiro, já que teria mesmo que ir a cidade para devolver uma BMW que Bruno fez test drive durante o final de semana.



Jornal Midiamax