Geral

Em momentos distintos, Vasco e Santos se enfrentam em São Januário

Vasco e Santos se enfrentam neste sábado, a partir das 18h30 (horário de Brasília), em São Januário, em jogo válido pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Gigante da Colina tenta se manter na cola do líder Atlético-MG, o Peixe busca dar fim a “sina dos empates” na competição, já foram sete até o […]

Arquivo Publicado em 21/07/2012, às 14h23

None

Vasco e Santos se enfrentam neste sábado, a partir das 18h30 (horário de Brasília), em São Januário, em jogo válido pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Gigante da Colina tenta se manter na cola do líder Atlético-MG, o Peixe busca dar fim a “sina dos empates” na competição, já foram sete até o momento, e chegar a sua segunda vitória na Série A.


Para esse compromisso fora de casa, o técnico Muricy Ramalho deve manter basicamente a mesma formação que empatou com o Botafogo, por 0 a 0, na última rodada. A única exceção fica por conta da zaga, pois o capitão Edu Dracena sofreu uma grave lesão no joelho esquerdo – ruptura do ligamento cruzado anterior – e ficará durante seis meses afastado do futebol.


Bruno Rodrigo será o substituto de Dracena contra os cruzmaltinos, formando dupla com Durval, e espera ajudar o time santista a reagir no Brasileirão. “Vou procurar fazer o melhor, dar o meu máximo, para ajudar o grupo. Sabemos da nossa responsabilidade em conquistar as vitórias, já que fomos desclassificados nas semifinais da Copa Libertadores. Acredito que com muito trabalho de todos, nós podemos levar a equipe a brigar lá na frente ainda. Temos muitos jogos pela frente”, discursou.


O lateral esquerdo Léo, que voltou a ser titular diante dos botafoguenses, recuperado de problemas na costela, deve ser mantido na equipe por Muricy. Juan, expulso contra o Internacional-RS, cumpriu suspensão automática na última rodada, mas deve ficar como opção no banco de reservas.


Sobre o adversário, o treinador elogiou o Vasco e ressaltou que espera uma partida complicada, com o Alvinegro Praiano atuando como visitante. “O Vasco, além de estar bem no campeonato, poderá contar com bons jogadores voltando. Eles têm um time muito forte e também estão se reforçando. Sem dúvida, é um dos candidatos ao título. O Vasco está entre uma das melhores equipes do Brasileirão e para sair com um resultado positivo de São Januário você enfrenta muitas dificuldades”, analisou Muricy Ramalho.


Arte GE.Net
Já Cristóvão Borges, comandante do Vasco, entende que a melhor estratégia é a equipe repetir o desempenho exibido no meio de semana, na vitória sobre o São Paulo. Os jogadores concordam com o treinador.


“Se nós repetirmos essa atuação que tivemos contra o São Paulo, seremos candidatos ao título. Só espero que a gente não se empolgue com o resultado, já que antes fizemos jogos ruins, mesmo quando ganhamos em algumas ocasiões. Contra o Santos temos que nos comportar da mesma maneira, pois não será um jogo tranqüilo”, analisou o meia Juninho Pernambucano.


Além de jogar no mesmo ritmo do meio de semana, os vascaínos apostam na força de seus torcedores.


“O Vasco é sempre muito forte jogando em São Januário e isso acontece porque estamos contando com o apoio dos nossos torcedores, que entenderam a necessidade de fazermos uma grande campanha desde o início se quisermos lutar pelo título do Campeonato Brasileiro. Contra o Santos precisamos mais uma vez desse apoio, pois nosso adversário precisa do resultado positivo”, disse o goleiro Fernando Prass.


Em termos de escalação, Cristóvão Borges terá a sua disposição nesta partida o meia Felipe, que cumpriu suspensão contra o São Paulo. Ele vai ocupar a vaga de Wendel, que ficará como opção no banco de reservas. De saída do Vasco, Diego Souza não deve ser escalado.


FICHA TÉCNICA
VASCO X SANTOS


Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 21 de julho de 2012, sábado
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Asp.Fifa-MT)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Rosnei Hoffmann Scherer (SC)


VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Douglas e Thiago Feltri; Nilton, Juninho Pernambucano, Felipe e Carlos Alberto; Wiliam Barbio e Alecsandro
Técnico: Cristóvão Borges


SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Henrique, Arouca e Felipe Anderson; Dimba e Miralles
Técnico: Muricy Ramalho




Jornal Midiamax