Geral

Eleitores denunciam curral eleitoral no lado paraguaio da fronteira com Ponta Porã

As eleições em Ponta Porã, a 346 km de Campo Grande, estão ocorrendo de forma tranquila no lado brasileiro da fronteira. Até o momento, não foram registrados crimes eleitorais. Segundo denúncias, alguns candidatos estão fazendo currais eleitorais para o candidato a prefeito Hélio Pelufo, no lado paraguaio da fronteira. A suspeita de tensão nestas eleições […]

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 15h04

None

As eleições em Ponta Porã, a 346 km de Campo Grande, estão ocorrendo de forma tranquila no lado brasileiro da fronteira. Até o momento, não foram registrados crimes eleitorais. Segundo denúncias, alguns candidatos estão fazendo currais eleitorais para o candidato a prefeito Hélio Pelufo, no lado paraguaio da fronteira.

A suspeita de tensão nestas eleições se deve ao duplo assassinato e tentativa de homicídio ocorrido na última quinta-feira (4) no centro da cidade, quando pistoleiros, em uma caminhonete assassinaram o dono do Jornal da Praça, Luiz Henrique Georges.

Pelufo votou as 9h, no colégio Joaquim Murtinho.

Jornal Midiamax