Geral

Dois crimes na mesma rua deixam um morto e outro gravemente ferido em Campo Grande

Ramão Dirceu de Figueiredo de 27, foi morto com três tiros na frente da casa da irmã. De acordo com a polícia, Ramão que estava com a filha, jogou a criança no colo da esposa, quando percebeu a aproximação de dois homens em uma moto

Arquivo Publicado em 27/12/2012, às 00h27

None
173997541.jpg

Ramão Dirceu de Figueiredo de 27, foi morto com três tiros na frente da casa da irmã. De acordo com a polícia, Ramão que estava com a filha, jogou a criança no colo da esposa, quando percebeu a aproximação de dois homens em uma moto

Um homem foi morto a tiros, e outro sofreu uma tentativa de homicídio, praticamente no mesmo horário, a quatro quadras de distância, na rua Adelaide Maia de Figueiredo no bairro Dom Antônio Barbosa em Campo Grande.

Ramão Dirceu de Figueiredo de 27 anos, foi morto com três tiros na frente da casa da irmã. De acordo com a polícia, Ramão que estava com a filha, jogou a criança no colo da esposa, quando percebeu a aproximação de dois homens em uma moto Fan preta. A motivação do crime seria vingança.

O garupa da moto então desferiu três tiros conta a vítima, que morreu no local. Os três disparos o atingiram no tórax e cabeça. Ainda de acordo com a polícia, Ramão não tem passagens policiais.

A quatro quadras do local, o jovem Igor Gimenez Rodrigues, vulgo “Neguinho”, de 20 anos, levou um tiro na cabeça. Igor está internado em estado grave na Santa Casa. De acordo com a PM, são dois crimes que não possuem ligação.

O advogado Amilton Ferreira de Almeida entrou em contato com a reportagem, e disse que o autor de 18 anos, se apresentará nos próximos dias na delegacia de Polícia Civil. De acordo com o advogado, o rapaz estaria sendo ameaçado por “Neguinho”.

Inclusive nesta terça-feira (25), Igor teria apontado a arma contra o peito do autor, porém não atirou. De acordo com a Polícia Militar, o rapaz de 18 anos, chegou de bicicleta no local.

Jornal Midiamax