Geral

Do Japão: Tite relembra Série B de Alessandro para explicar braçadeira

Na véspera de estrear no Mundial de Clubes da Fifa, o técnico Tite explicou a escolha do lateral direito Alessandro como capitão do Corinthians que irá disputar a competição a partir desta quarta-feira. O treinador ressaltou a escolha pela experiência do camisa 2, que disputou o Campeonato Brasileiro da Série B pelo time alvinegro em […]

Arquivo Publicado em 11/12/2012, às 21h37

None

Na véspera de estrear no Mundial de Clubes da Fifa, o técnico Tite explicou a escolha do lateral direito Alessandro como capitão do Corinthians que irá disputar a competição a partir desta quarta-feira. O treinador ressaltou a escolha pela experiência do camisa 2, que disputou o Campeonato Brasileiro da Série B pelo time alvinegro em 2008.



“Foi um atleta que veio em momento muito difícil, com a equipe na segunda divisão. Como outros também, mas ele se fazia merecedor da faixa de capitão”, definiu o comandante, que negou ter dado a faixa a Alessandro por conta do gol contra o Palmeiras em 2011, em vitória que pode ter impedido a demissão dele.



“Palavra de honra. Isso está diretamente ligado à minha permanência. Não tem, tem história no clube, seria egoísta da minha parte fazer isso. É o reconhecimento de um trabalho e de uma conduta profissional”, afirmou o treinador, que na ocasião estava com o cargo ameaçado após ter sido eliminado pelo Tolima-COL na pré-Libertadores da América.



“A faixa de capitão é uma responsabilidade de todos como um todo. O Larrionda fez uma palestra conosco e fez uma pergunta quem é o capitão? E Alessandro respondeu: ‘todos nós de alguma forma’. Alguns são escolhidos, claro, pelo tempo, como é o caso do Alessandro. E nesse respeito falo para ele, quando dei o abraço ao final da Libertadores”, continuou Tite.



O Corinthians estreia na semifinal do Mundial de Clubes nesta quarta, contra o Al Ahly, em duelo marcado para as 8h30 (de Brasília), no Estádio de Toyota. Caso vença, a equipe encara o vencedor do duelo entre Chelsea e Monterrey, agendado para a próxima quinta, em Yokohama.


Jornal Midiamax