Geral

Diferente do cinema, sexta 13 não causa medo nas pessoas

Ao contrário do que vemos em filmes de terror, a sexta-feira 13, não causa nenhum espanto ou medo na população. Nas ruas do centro de Campo Grande, teve gente até que disse adorar a sexta 13 e que bem diferente do que se diz por aí, ela traz sorte. “Adoro sexta-feira 13, na época que […]

Arquivo Publicado em 13/04/2012, às 19h12

None

Ao contrário do que vemos em filmes de terror, a sexta-feira 13, não causa nenhum espanto ou medo na população. Nas ruas do centro de Campo Grande, teve gente até que disse adorar a sexta 13 e que bem diferente do que se diz por aí, ela traz sorte.


“Adoro sexta-feira 13, na época que eu era nova a data só me trazia coisa boa. Hoje sou evangélica, e não ligo mais para isso”, diz Aizilda Rodrigues de Lima, 60 anos, do lar.


E emenda: o importante é a gente estar bem, não existe dia ruim, se a pessoa está bem com ela mesma.


Assim como ela, o representante comercial José de Paula, 70 anos, diz que isso não existe. “Todo dia é abençoado. Eu não ligo para nada disso. Superstição é tudo bobagem”, apontou.


Já o vendedor Aguimar Alves Batista, 60 anos, disse que azar é não sair de casa e não trabalhar. “Essas coisas de superstição é para quem não trabalha, fica parado”.


Apenas a aposentada Ilmezinda Alves de Almeida, 73 anos, confessou ter sido supersticiosa. Hoje, convertida, diz não ligar mais para isso. “Tinha pavor de canto de coruja. Quando ouvia uma já ficava desesperada porque achava que alguém iria morrer. Agora, sei que tudo isso é besteira”, concluiu.

Jornal Midiamax