Geral

Comando Militar realiza queima simbólica em homenagem ao Dia da Bandeira

O CMO – Comando Militar do Oeste realizou nesta segunda-feira, uma formatura em homenagem ao Dia da Bandeira, com a queima simbólica da bandeira. Estiveram presentes à cerimônia várias autoridades militares e as bandeiras consideradas inservíveis serão incineradas. A comemoração do dia da bandeira se constituiu como mais um elemento simbólico da construção da identidade […]

Arquivo Publicado em 19/11/2012, às 16h13

None
653378407.jpg

O CMO – Comando Militar do Oeste realizou nesta segunda-feira, uma formatura em homenagem ao Dia da Bandeira, com a queima simbólica da bandeira. Estiveram presentes à cerimônia várias autoridades militares e as bandeiras consideradas inservíveis serão incineradas.

A comemoração do dia da bandeira se constituiu como mais um elemento simbólico da construção da identidade nacional brasileira, o dia da bandeira simboliza a nação brasileira.

Seis escolas das redes municipal, estadual e privada receberam novas bandeiras, sendo elas: Geração 2001, General Osório, Irmã Irma Zorzi, Professor Fauze Scaff Gattass Filho, Clarinda Mendes de Aquino, João Evangelista Vieira de Almeida.

A Bandeira foi instituída em 19 de novembro de 1889, quatro dias depois da Proclamação da República, com a adaptação na tradicional Bandeira do Império, que teve o escudo imperial substituído.

Bandeira

A Bandeira Nacional possui o formato retangular, com um losango amarelo em fundo verde, sendo que, no centro, a esfera azul celeste é atravessada por uma faixa branca com as palavras “Ordem e Progresso” em letras maiúsculas verdes. No círculo azul, encontram-se 27 estrelas que retratam o céu do Rio de Janeiro, às 8 horas e 30 minutos do dia 15 de novembro de 1889, e representam simbolicamente os 26 Estados e o Distrito Federal. A única estrela que fica na parte superior do círculo representa o estado do Pará.

Quando uma bandeira brasileira fica velha, suja ou rasgada, deve ser imediatamente substituída por uma nova. A bandeira velha deve ser recolhida a uma unidade militar, que providenciará a queima da mesma no dia 19 de novembro.

Jornal Midiamax