Geral

Com “ídolo” Zico, Guga evita críticas a visita de Federer

O ex-tenista Gustavo Kuerten foi um dos convidados de honra para o Jogo das Estrelas de 2012, organizado por Zico no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Mesmo longe de mostrar aptidão com a bola nos pés, o ex-número 1 do ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) se mostrou feliz por ser lembrado pelo […]

Arquivo Publicado em 28/12/2012, às 00h55

None
1504083519.jpg

O ex-tenista Gustavo Kuerten foi um dos convidados de honra para o Jogo das Estrelas de 2012, organizado por Zico no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Mesmo longe de mostrar aptidão com a bola nos pés, o ex-número 1 do ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) se mostrou feliz por ser lembrado pelo ídolo do Flamengo.

“Estou preparado. Vim para consagrar. Vim botar ele na cara do gol”, disse Guga, torcedor do Avaí, que não chegou a jogar – apenas entrou em campo para dar o pontapé inicial, bastante aplaudido pela torcida presente. O catarinense disse ainda que será operado em janeiro, então queria aproveitar a oportunidade.

“É como um sonho de criança, entrar no estádio com a torcida vibrando”, disso o ex-tenista, que entrou no primeiro tempo em campo, vestindo o uniforme do time vermelho. “A motivação, a principal delas é estar em um evento com um dos meus maiores ídolos”, completou, referindo-se a Zico.

Quando falou sobre tênis, Gustavo Kuerten evitou entrar em polêmicas. Ao ser questionado a respeito dos altos preços dos ingressos para o Gillette Federer Tour, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, Guga pregou compreensão em virtude do convidado principal do evento.

“Tem que mesclar um pouco. Trazer o Federer custa dinheiro, então, quem traz para cá tem que viabilizar no ingresso”, disse, apontando Roger Federer como “exemplo de vida”. “Os brasileiros puderam curtir na semana em que ele esteve aqui”, completou.

Ainda assim, Guga comemorou a presença no jogo desta quinta-feira, em São Paulo. “É um presente de Natal um pouco depois, para coroar um ano sensacional”, disse, se dispondo a jogar “em todas as posições”.

Jornal Midiamax