Geral

Bovespa ganha 2,32%, puxada por Vale e Petrobras; dólar sobe a R$ 2,097

A Bovespa fechou em alta nesta quinta-feira (29). O Ibovespa (principal índice da Bolsa) subiu 2,32%, a 57.852,53 pontos. É a maior variação diária desde o dia 13 de setembro, quando a Bolsa havia subido 3,4%. Pesaram no índice a alta das ações preferenciais da Vale, que avançaram 3,92%, a R$ 36,60, e da Petrobras, […]

Arquivo Publicado em 29/11/2012, às 20h08

None

A Bovespa fechou em alta nesta quinta-feira (29). O Ibovespa (principal índice da Bolsa) subiu 2,32%, a 57.852,53 pontos. É a maior variação diária desde o dia 13 de setembro, quando a Bolsa havia subido 3,4%.



Pesaram no índice a alta das ações preferenciais da Vale, que avançaram 3,92%, a R$ 36,60, e da Petrobras, que subiram 2,68%, a R$ 19,15.



Destaque também para as ações da LLX, braço de logística do grupo de Eike Batista, que dispararam 27,59%, a R$ 2,22. As ações da Eletrobras voltaram a cair, e perderam quase 8%.



Já o dólar comercial fechou em alta, subindo 0,33%, a R$ 2,097 na venda. No ano, a moeda acumula ganhos de 12,23%.



Ao longo do dia, a cotação chegou a atingir R$ 2,10, valor que é considerado um limite informal do Banco Central para o dólar. Segundo operadores, a valorização desta quinta se deve ao fechamento do Dólar Ptax para o mês de novembro, que deve ser feito nesta sexta-feira.



Dólar Ptax é uma média da cotação, calculada pelo Banco Central (BC), que serve de referência para o pagamento de contratos de derivativos. Derivativos são instrumentos financeiros que têm seu preço determinado por bens ou outros instrumentos financeiros.



Ações da Europa têm maior alta em mais de um ano; Bolsas da Ásia sobem



As ações europeias atingiram o maior nível de fechamento desde julho de 2011 nesta quinta-feira (29), sustentadas por ações de mineração, devido ao otimismo de que os políticos dos Estados Unidos irão alcançar um acordo para evitar medidas de austeridade.



O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 1,09%, a 1.121 pontos. Já o índice de blue chips Euro STOXX 50 ganhou 1,37%, a 2.581 pontos.



As ações asiáticas atingiram os maiores níveis em mais de três semanas nesta quinta-feira (29), com uma melhora do sentimento depois que um legislador sênior dos Estados Unidos disse estar “otimista” sobre alcançar um acordo antes do final do ano para evitar uma crise fiscal.



O índice Nikkei do Japão avançou 1%, recuperando-se do menor nível de fechamento em uma semana. As ações australianas subiram 0,68%, para o maior nível em três semanas, apoiadas por bancos e ganhos na mineradora global Rio Tinto.



O índice de Seul encerrou em alta de 1,15%, o mercado avançou 0,99% em Hong Kong e a Bolsa de Taiwan subiu 0,92%. Cingapura, por sua vez, teve ganhos de 1,13%.


Jornal Midiamax