Geral

Autópsia confirma que enfermeira vítima de trote se enforcou

A enfermeira encontrada morta três dias depois de ter sido enganada por dois locutores que se fizeram passar pela rainha Elizabeth II e o príncipe Charles para obter notícias da hospitalizada princesa Catherine se enforcou, segundo o relatório da necroposia divulgado nesta quinta-feira. Jacintha Saldanha, uma mulher indiana de 46 anos, casada e com dois […]

Arquivo Publicado em 13/12/2012, às 14h45

None
1060390737.jpg

A enfermeira encontrada morta três dias depois de ter sido enganada por dois locutores que se fizeram passar pela rainha Elizabeth II e o príncipe Charles para obter notícias da hospitalizada princesa Catherine se enforcou, segundo o relatório da necroposia divulgado nesta quinta-feira. Jacintha Saldanha, uma mulher indiana de 46 anos, casada e com dois filhos, foi encontrada enforcada em um cômodo que ocupava nas dependências do hospital na sexta-feira passada.


“Infelizmente foi encontrada enforcada”, declarou o inspetor da polícia James Harman, em um julgamento de instrução londrina. “Também tinha lesões no pulso”, acrescentou, explicando que não há circunstâncias suspeitas, o que descarta uma ação criminosa. A polícia encontrou dois bilhetes no local e um terceiro entre seus pertences, cujo conteúdo não foi revelado.


Saldanha foi a enfermeira que atendeu na semana passada a ligação de dois locutores da rádio australiana 2Day. Ela passou a ligação para uma colega que atendia Kate, internada desde a véspera por complicações relacionadas com sua recente gravidez.


A imprensa britânica falou desde o início de um possível suicídio, dizendo que a enfermeira não havia contado à família que fora vítima do trote. O primeiro-ministro britânico, David Cameron, caracterizou de “tragédia absoluta” o suicídio da enfermeira.

Jornal Midiamax