Geral

‘Arte e Cores no Paço’ recebe a artista Anailza Xavier e o múscio Marcos Araújoarte

Em setembro, o “Arte e Cores no Paço” receberá a artista Anailza Xavier e o múscio Marcos Araújo. Este evento acontece mensalmente, tem como intuito divulgar o trabalho dos artistas regionais. Esta exposição rotativa é uma realização da Prefeitura de Campo Grande, por meio da Fundac. A mostra será aberta na segunda-feira (3) de setembro, […]

Arquivo Publicado em 01/09/2012, às 10h35

None

Em setembro, o “Arte e Cores no Paço” receberá a artista Anailza Xavier e o múscio Marcos Araújo. Este evento acontece mensalmente, tem como intuito divulgar o trabalho dos artistas regionais. Esta exposição rotativa é uma realização da Prefeitura de Campo Grande, por meio da Fundac. A mostra será aberta na segunda-feira (3) de setembro, às nove horas, no gabinete do prefeito Nelson Trad Filho.


Anailza Xavier nasceu em Corumbá. Artista autodidata que, através da sua intuição e sensibilidade, começou a expressar a arte com desenhos em grafite. Com criatividade, se dedicou a compor suas obras retratando a natureza, sempre com intuito de enaltecer Deus Criador, revelando todas as formas e cores no plano material. Para aperfeiçoamento desse dom, frequenta aulas em ateliês, buscando novas técnicas da pintura em óleo sobre tela.


Em suas obras, retrata a beleza das flores em nuances suaves que tocam a sensibilidade humana manifestando sentimentos de alegria e bem estar. Ainda para abrilhantar o evento, o compositor, arranjador, instrumentista e professor de música, Marcos Araújo, formado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul fará uma apresentação.


As músicas que serão tocadas no dia foram composta para o projeto “Cidade Morena conhecendo e construindo sua história”, são elas: “Grandes Campos”, múscia que relata a história de José Antônio Pereira, fundador da Capital, desde sua saída de Minas Gerais. A segunda canção será “Campo Grande”, música que fala sobre o progresso da cidade comparando o passado e o presente.

Jornal Midiamax