Geral

Após morte de jovens, setor de bares e restaurantes vai pedir mais segurança

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares prepara um ofício junto à Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) que será encaminhado para a Secretaria de Segurança Pública – Sejusp/MS, solicitando o aumento na segurança dos bares e restaurantes de Campo Grande. O ofício deverá ser entregue até quarta-feira, 3. Conforme o presidente do […]

Arquivo Publicado em 03/09/2012, às 18h42

None
7788552.jpg

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares prepara um ofício junto à Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) que será encaminhado para a Secretaria de Segurança Pública – Sejusp/MS, solicitando o aumento na segurança dos bares e restaurantes de Campo Grande. O ofício deverá ser entregue até quarta-feira, 3.

Conforme o presidente do Sindicato, Gilberto Petinari, os estabelecimentos já possuem segurança por terem licença especial de funcionamento, porém o cidadão também deve tomar certos cuidados. “A licença especial já indica que o estabelecimento deva possuir seguranças próprios e câmeras de vigilância, contudo o frequentador deve se precaver de possíveis eventualidades não exibindo as chaves dos veículos, estacionando em locais seguros e bem iluminados e prestando atenção às pessoas com quem tem contato.”.

Para o presidente da Abrasel, Rúbio Sérgio Almeida de Moraes, o brutal assassinato dos dois jovens, na última sexta-feira, foi uma fatalidade, mas “mesmo assim encaminharemos este ofício para que situações como esta não se tornem algo frequente.”.

O sindicato representa 6.000 hotéis e restaurantes no Mato Grosso do Sul. A Abrasel conta com 72 bares e restaurantes filiados no Estado, nas cidades de Campo Grande, Três Lagoas, Corumbá e Bonito.

Jornal Midiamax