Geral

Após confusão, EUA batem Argentina em jogo tenso e equilibrado no basquete

Com um início arrasador dos astros norte-americanos, EUA e Argentina protagonizaram um duelo tenso neste domingo, com vitória dos atuais campeões olímpicos por 86 a 80. Os americanos não tiveram no resto da partida o mesmo desempenho e os argentinos mostraram que são fortes candidatos a uma medalha em Londres. Kevin Durant foi um dos […]

Arquivo Publicado em 22/07/2012, às 21h52

None

Com um início arrasador dos astros norte-americanos, EUA e Argentina protagonizaram um duelo tenso neste domingo, com vitória dos atuais campeões olímpicos por 86 a 80. Os americanos não tiveram no resto da partida o mesmo desempenho e os argentinos mostraram que são fortes candidatos a uma medalha em Londres.


Kevin Durant foi um dos destaques da partida tanto pelo seu desempenho em quadra, com 27 pontos e seis assistências, quanto por ter sido um dos pivôs de uma discussão acalorada com o argentino Luis Scola.


Até então tranquilo, o jogo ficou tenso no segundo quarto após Chris Paul derrubar Nocioni. Kevin Durant foi discutir com o argentino e Luis Scola tomou as dores do colega, intimidando o jovem astro americano, que já tinha 14 pontos na partida até então.


Mordida, a Argentina chegou a diminuir a diferença para cinco pontos, mas, após um toco sensacional de Deron Willians, os americanos armaram o contra-ataque e Westbrook fechou o segundo quarto em 47 a 40 para os EUA.


O segundo tempo começou com os americanos mais ligados, chegando a abrir boa vantagem, mas no fim do terceiro quarto os argentinos melhoraram novamente e reduziram a desvantagem no placar para 11 pontos, 72 a 61.


O último quarto foi eletrizante. A Argentina, liderada pelo craque Manu Ginóbili, que fez 23 pontos, reagiu e chegou a ficar apenas quatro pontos atrás no placar, mas os EUA mantiveram-se a frente com um bom desempenho em bolas de três. O placar final, de 86 a 80, demonstrou que o time americano pode ser vencido e que a Argentina será um rival duro nos Jogos Olímpicos.


Na terça-feira, os EUA enfrentam a Espanha, também em Barcelona, no confronto entre os finalistas das Olimpídas de Pequim, em 2008. As duas equipes são as principais favoritas para o ouro em Londres.


Nos Jogos Olímpicos, as duas equipes estão no Grupo A, que também tem Lituânia, França, Nigéria e Tunísia. A estreia dos americanos ocorre no dia 29 contra os franceses. No mesmo dia, os argentinos fazem sua primeira partida contra a Lituânia.


Jornal Midiamax