Geral

Acusado de homicídio e de atear fogo em cadáver vai a júri hoje

Está marcado para esta quarta-feira (29), na 2ª Vara do Tribunal do Júri, a partir das 8 horas, o julgamento de I.A.G., vulgo “Sobrinho” ou “Índio”. Ele é denunciado no artigo 121, §2º, inciso IV (homicídio qualificado com recurso que dificultou a defesa da vítima) e no artigo 211 do Código Penal (ocultação de cadáver). […]

Arquivo Publicado em 29/08/2012, às 10h53

None

Está marcado para esta quarta-feira (29), na 2ª Vara do Tribunal do Júri, a partir das 8 horas, o julgamento de I.A.G., vulgo “Sobrinho” ou “Índio”. Ele é denunciado no artigo 121, §2º, inciso IV (homicídio qualificado com recurso que dificultou a defesa da vítima) e no artigo 211 do Código Penal (ocultação de cadáver).


De acordo com a denúncia, no dia 25 de novembro de 2009, na vila Marcos Roberto em Campo Grande, o acusado desferiu golpes com um instrumento contundente contra Rui Manoel Gonçalves Ferreira, causando-lhe a morte conforme mostrou o exame de corpo de delito.


Após isso, ainda segundo a denúncia, o réu carregou o corpo da vítima até a laje da residência e ateou-lhe fogo com a finalidade de ocultá-lo e destruí-lo. O réu foi preso preventivamente em 15 de junho de 2011.


Na oportunidade em que foi ouvido, I.A.G. confessou ser autor do crime, afirmando que agiu em legítima defesa, mas que não ateou fogo em Rui Manoel depois de ter cometido o homicídio.

Jornal Midiamax