Geral

VÍDEO: Pitbull ataca comitiva de cavaleiros durante evento em MS e é morto a tiro por PM

Segundo moradores, o cachorro constantemente escapava e assustava pedestres na vizinhança. A dona do cachorro se irritou com a ação do policial militar, mas terá que se explicar na delegacia por Omissão na Cautela de Animais.

Arquivo Publicado em 13/11/2011, às 13h48

None

Segundo moradores, o cachorro constantemente escapava e assustava pedestres na vizinhança. A dona do cachorro se irritou com a ação do policial militar, mas terá que se explicar na delegacia por Omissão na Cautela de Animais.

Um cão da raça Pitbull causou tumulto durante uma cavalgada realizada na tarde deste sábado (12) em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. O animal acabou morto com um tiro disparado por um policial militar que acompanhava o cortejo de cavaleiros.


Os homens a cavalo participavam da “11ª Cavalgada Sul-mato-grossense” quando, no bairro Nossa Senhora Aparecida, foram surpreendidos pelo cachorro solta na rua. O animal passou a atacar os cavalos e avançar em quem tentasse impedir os ataques.


Uma criança que acompanhava a passagem dos cavaleiros filmou o episódio com um celular. O Pitbull estava solto, segundo a dona, porque o pai dela, com um problema de saúde não teria conseguido segurá-lo.


Após a decisão do militar de atirar no cachorro, a mulher se irritou e chegou a agredir verbalmente os cavaleiros e o policial. Moradores no entanto, reclamaram que constantemente o cachorro ficava solto na vizinhança amedrontando pedestres.


Foi registrado um boletim de ocorrência contra os proprietários do Pitbull por Omissão na Cautela de Animais. Camila Alexandre Monteiro, 22 anos, que se apresentou como dona do cachorro, negou a reclamação dos vizinhos sobre as constantes escapadas do animal.


Confira o vídeo-amador que registra o momento de ataque do Pitbull e ação do PM:


Jornal Midiamax