Geral

Universitário desenvolve detector de mentira para a internet

Um estudante do MIT (Massachusetts Institute of Technology) está desenvolvendo um detector de mentiras para analisar textos publicados na internet. A proposta é desenvolver um software capaz de identificar indícios de mentiras nos textos. O sistema, segundo o idealizador dessa ideia, o estudante Dan Schultz, não vai determinar, por conta própria, o que é ou […]

Arquivo Publicado em 04/12/2011, às 11h29

None

Um estudante do MIT (Massachusetts Institute of Technology) está desenvolvendo um detector de mentiras para analisar textos publicados na internet. A proposta é desenvolver um software capaz de identificar indícios de mentiras nos textos.


O sistema, segundo o idealizador dessa ideia, o estudante Dan Schultz, não vai determinar, por conta própria, o que é ou não verdade. Ele será projetado para detectar palavras e frases que aparecem no banco de dados do PolitiFact – site que firmou parceria com o universitário – e apurar se o fato é ou não verdade com base em outros arquivos.


“Em outras palavras, ela vai apontar coisas no texto que são duvidosas”, explica o estudante.
O trabalho de Schultz têm sido explorar o processamento da linguagem natural, ou seja, fazer o computador aprender a falar da forma como fazemos. A ideia é que a máquina posa fazer associações de várias palavras, ao invés de avaliar itens individuais.


O objetivo final, de acordo com o estudante, é permitir conversas inteligentes sobre questões controversas.

Jornal Midiamax