O coletor Pedro Alves de Souza, de 48 anos morreu após sofrer uma queda do caminhão de lixo onde trabalha e com isso teve um ferimento na cabeça. O acidente ocorreu em 28 de outubro, depois disso a vítima foi internada no hospital da cidade de Brasilândia onde ficou até a última quarta-feira (2).

A família removeu o paciente para a cidade de Três Lagoas, com o intuito de proporcionar melhor atendimento médico. Porém na cidade, foram informados que não havia vagas.

Por volta das 5h40 desta sexta-feira (4), a filha de Pedro foi ao quarto em que o pai dormia quando o encontrou morto.